Receitas

Frequentemente as pessoas perguntam quais os alimentos permitidos na dieta SGSC. Muitas vezes parece simples, mas na realidade não é tão fácil assim. Às vezes, o mesmo produto, da mesma empresa, mas fabricado em locais diferentes, tem ou não contém glúten, como é o caso da fécula de batata YOKI. Com a caseína acontece o mesmo. As pessoas confundem não ter lactose com não ter caseína. Uma é o açúcar do leite. A outra é a proteína. O ideal é comprar sem glúten e sem lácteos.
Abaixo colocamos uma lista de alimentos que podem ser consumidos nessa dieta, que já permitem uma infinidade de combinações. Lembrem-se de sempre olhar a embalagem. O produto pode ser naturalmente sem glúten, mas pode ter sido produzido em local onde tenham sido processados alimentos com glúten.
Quando nos acostumamos, vemos que essa dieta não é tão restritiva assim. Ela é uma questão de hábito. Só de podermos comer toda espécie de frutas e carnes, já é uma benção. E o arroz, o feijão, a batata e a mandioca, que são absolutamente livres de glúten e caseína? Só com isso já estamos com nosso cardápio garantido. O importante é lembrar que qualquer laticínio é proibido, pois tem caseína. Mesmo o GHEE pode ter pequenas quantidades de caseína. O glúten está presente no trigo, na aveia, no malte, no centeio e na cevada. Como no Brasil existe uma lei que obriga que o rótulo dos alimentos contenha a informação sobre a existência ou não do glúten em sua composição, isso já ajuda bem. Essa lista não é completa, mas já dá uma boa noção.
 - Creme de Arroz ou Milho
- Farinhas de Arroz, Milho, Mandioca ou Banana
- Flocos de Arroz, Milho e Quinoa
- Féculas de Batata ou Mandioca
- Polvilhos Azedo ou Doce
- Araruta
- Fubá ou fubá de canjica
- Amido de milho ou arroz
- Tapioca ou beiju
- Sagu
- Canjica
- Canjiquinha
- Arroz, feijão, milho, soja, grão de bico, lentilha, ervilhas
- Macarrão de arroz, soja, milho ou feijão
- Frutas secas (ameixa, passas, damasco, banana, maçã, manga, pera,  etc.)
- Castanhas de caju, nozes, amendoins, amêndoas, pistache, noz pecã, avelãs
- Sementes de linhaça, abóbora, papoula, girassol, gergelim
- Amaranto
- Quinoa
- Frutas
- Legumes e verduras
- Esses sempre geram dúvidas, mas são totalmente permitidos: Batatas, cenouras, beterraba, mandioca, inhame, batata doce.


- Todas as carnes em estado natural e preparadas, se não tiveram como ingredientes glúten, caseína, glutamato monossódico e aspartame.
- Leites vegetais: arroz, soja, amêndoa, inhame, castanha de cajú, castanha do Pará.
- Qualquer suco de frutas que não tenha glúten, caseína, glutamato monossódico e aspartame.
- Mel, açúcar, xarope de Agave, xilitol, stevia, glicose ou glucose de milho
- Vinhos, chá, café.
- Chocolate de soja, algumas marcas de chocolate meio amargo, chocolate em pó Garoto e Nestlé , alfarroba.
Apesar de permitidos, é bom evitar:
Milho, soja e alimentos muito processados.

As receitas que mostraremos aqui aprendemos com grandes amigos, no dia a dia e em cursos e livros. quando nos encontrávamos desesperados para variar o lanche, deveras restrito,de nossas crianças em dieta especial, essencialmente sem glúten e leite.  Não sei bem a quem dirigir a autoria ou criação, já que receitas não têm patente. Assim, agradecemos a todos os amigos de caminhada a troca gentil e salutar de receitas testadas e aprovadas por nossos filhos.


Em nossas receitas, usamos as seguintes abreviaturas:

X  - xícara de chá
x  - xícara de café
CS – colher de sopa
cs – colher de sobremesa
CC – colher de chá
cc – colher de café
g – gramas
k – kilo
l – litro

NUNCA USEM UTENSÍLIOS DE ALUMÍNIO. ELES SÃO ALTAMENTE TÓXICOS!!!!

1– BÁSICOS:

1.a.Caldos:
É bom ter caldos caseiros congelados. Sempre ajudam para uma refeição rápida, quer seja para uma sopa, ou mesmo para cozinhar um arroz ou um macarrão. Eles podem ser feitos em panelas comuns, onde devem ser deixados em fogo bem brando por pelo menos 2 horas, ou na panela de pressão, com 2/3 da água e metade do tempo. Depois de pronto, o caldo deve ser colocado na geladeira para que a gordura separe. Depois é só retirar a gordura, aquecer novamente, coar e congelar.  Uma boa opção é colocar em formas de gelo, para congelar em cubinhos. É importante que o tempero de caldos que serão congelados seja mais suave, pois o congelamento acentua o sabor. Quando descongelar, prove e corrija o tempero.

1.a.1. Caldo de galinha:
Carcaça e restos de frango assado;
6 X de água;
1 cebola;
Sal com alho;
Salsa, cebolinha.
Temperos opcionais: louro e tomilho.
Juntar todos os ingredientes e deixar cozinhar em fogo bem baixo, por 2 horas.

1.a.2. Caldo de carne I:
1 k de músculo;
6 X de água;
1 cebola;
1 cenoura;
3 talos de aipo com as folhas;
Sal com alho;
Salsa, louro e tomilho
Juntar todos os ingredientes e deixar cozinhar em fogo bem baixo, por 2 horas.

1.a.3. Caldo de carne II:
1 k de ossos, de preferência com tutano;
6 X de água;
1 cebola;
1 cenoura;
3 talos de aipo com as folhas;
Sal com alho;
Salsa, louro e tomilho
Doure os ossos no forno e depois coloque na panela com o resto dos ingredientes. Quando começa a ferver, o caldo costuma formar uma espuma em cima. Retire essa espuma com uma escumadeira  Proceda como com os outros caldos.

1.a.4. Caldo de Peixe:
1 cabeça de peixe;
3 X de água;
Sal;
Salsa;
Tomilho;
Louro;
1 cebola.
Ferver a cabeça com a água e o sal.
Retirar a espuma que se formar.
Juntar os outros ingredientes.
Cozinhar por 20 minutos.

1.b. Farinha SGSC:

4 X de farinha de arroz;
1 X de fécula de batata;
½ X de polvilho doce;
½ X de amido de milho;
½ X de quinoa em flocos (opcional).
Misturar bem e guardar em um recipiente fechado.

1.c. Ghee:

O ghee é a manteiga clarificada, purificada, da qual foram retiradas todas as partes sólidas (glúten e caseína) e toda a água.

Ingrediente: 1 pacote de manteiga sem sal

            Coloque a manteiga para derreter em uma panela de fundo grosso, sobre fogo bem baixo, para evitar que queime. Não tampe a panela.
            À medida que a manteiga vai fervendo, uma espuma vai se formando em cima. Essa espuma vai ficando cada vez mais densa. O fundo da panela também vai ficando com uma camada de resíduos.
            Quando já houver uma boa camada de espuma na superfície, tire a panela do fogo e despeje a manteiga em uma vasilha de vidro, de preferência uma jarra. Deixe esfriar mais ou menos ½ hora e tire a espuma que ficou por cima, com a ajuda de uma escumadeira. Vire o óleo lentamente em outra vasilha (por isso é melhor uma jarra) tendo o cuidado de não deixar misturar as impurezas que ficaram no fundo. Lave a panela e volte com o óleo para o fogo, para retirar alguma impureza que ainda tenha ficado.
O óleo de manteiga (ghee) deve ficar totalmente transparente, livre de qualquer impureza.
Se quiser pode passá-lo por um coador de pano ou por uma peneira com gaze.
Depois de frio, o ghee deve ser guardado em recipiente de vidro, com tampa. Pode ficar na geladeira ou em lugar fresco.
O ghee  pode ser temperado com alho, cebola, sal, ervas, mostarda, limão, ou gotas de alguma bebida. Qualquer ingrediente que você colocaria na manteiga comum, pode ser acrescentado ao Ghee, que nesse caso, deve ser conservado na geladeira ou no
freezer.


2 – BOLOS:

2.a. Bolo de Nozes:

½ k de nozes moídas;
12 ovos;
400 g de açúcar;
6 CS de farinha de rosca SGSC.
Bater as claras em neve, juntar o açúcar e continuar batendo.
Colocar as gemas, uma a uma, e bater mais.
Por último, misturar a farinha e as nozes moídas.
Colocar num tabuleiro untado e salpicado com farinha de rosca e assar por, mais ou menos, 20 minutos, em forno pré aquecido a 180°.
Se quiser rechear ( com baba de moça fica uma delícia), divida a massa em dois tabuleiros. Tire do forno assim que acabar de assar e coloque em cima de uma grade.
É mais fácil assá-los separados do que dividir a massa depois. Para cobrir, use um creme de chocolate. As nozes podem ser substituídas por igual quantidade de castanhas do Pará, amendoim ou avelãs.

2.b. Bolo de Milharina:

1 X de milharina;
1 X de leite de soja, uso culinário (sem essência);
1 X de açúcar;
1 X de coco ralado;
½ X de óleo;
1 CS de fermento em pó;
3 ovos.

Bater tudo no liquidificador, despejar em forma retangular untada e assar em forno médio (180º) por 30 minutos.

2.c. Bolo de Cenoura de microondas:

2 X de cenoura ralada;
½ X de óleo;
2 ovos;
1X de açúcar;
1 CC de bicarbonato de sódio;
1 CC de fermento em pó;
1 CC de sal;
1 CC de canela em pó;
1 CS de chocolate em pó;
½ X de passas brancas (opcional);
1 ¼ X de farinha sem glúten.

 Bater no liquidificador a cenoura com o óleo e os ovos.
Virar numa vasilha e juntar os outros ingredientes.
Misturar bem e virar numa forma de vidro tipo "bolo inglês", untada com óleo.
Colocar no microondas, em cima de um pires virado para baixo.
Asse por 6 minutos na potência média ( no meu, a potência vai de 1 a 10 - coloquei no 5).
Se as beiradas estiverem crescendo mais do que o meio do pão, cubra-as com tiras de papel manteiga, cobertas com tiras de papel alumínio
Asse por mais 3 ou 4 minutos, até verificar que a massa está toda assada.
Deixe esfriar em cima de uma grade antes de desenformar.

Assei numa forma 26x14x6.
Passar as passas na farinha SG antes de misturar na massa, para que não fiquem no fundo.

2.d. Bolo de Cenoura com Cobertura de Chocolate:

2 X de cenoura ralada;
1 X de açúcar;
1 X de óleo;
2 ovos;
1 CS de fermento em pó;
+- 2 X de farinha sem glúten ( 4 partes de farinha de arroz, 1 de fécula de batata, ½
de polvilho doce e ½ de amido de milho).

Misturar os 4 primeiros ingredientes, batendo bem.
Depois coloque a farinha até dar ponto e por último o fermento.
Coloque para assar em forma untada, em forno a 180°, por 1/2 hora.

Quando estiver pronto, desenformar e jogar por cima uma calda feita com:
1 ½ X de açúcar;
2 CS de chocolate em pó;
3 CS de Ghee;
1 cc de canela em pó;
2 CS de leite de soja.
Misturar tudo e levar ao fogo até aparecer o fundo da panela.
2.e. Pão de Ló de Fécula de Batata:

4 ovos;
1 X de açúcar;
1 X de fécula de batata;
Suco de 1 limão;
1 cc de sal.

Unte uma assadeira e forre o fundo com papel manteiga. Unte novamente e polvilhe com fécula.
Bata as gemas com o açúcar até ficar uma mistura clara e dura.
Acrescente a fécula e o limão. Por último, misture delicadamente as claras em ponto de picos moles e o sal. Asse em forma sem furo no meio, em forno pré aquecido a 160º, por ½ hora.
Deixe esfriar em cima de uma grade.
Se for usar para fazer rocambole, desenforme em cima de um pano úmido.

2.f. Bolo de mandioca: 

1 k de mandioca crua ralada e espremida num pano, para tirar o excesso de líquido;
2 X de coco ralado;
3 ovos ligeiramente batidos;
200 ml de leite de coco;
1 CS de óleo ( pode ser o de coco);
1¹/² X de açúcar.
Misturar tudo e colocar em 2 formas de buraco no meio, de 20 cm, untadas com óleo. Forno 180º, por mais ou menos 40 minutos.

2.g. Broa de fubá:

4 ovos ligeiramente batidos;
¹/² X de óleo;
1 X de leite de coco (usei o de amêndoas, para o gosto ficar mais neutro) ou qualquer outro leite vegetal;
¹/² CC de sal;
2¹/² CS de açúcar;
1¹/² CS de fermento em pó ( 4 colheres de chá);
2¹/² X de fubá.
Pré aqueça o forno a 180º.
Misture todos os ingredientes, coloque numa forma retangular de 20x30, untada e polvilhada com fubá, e asse por, mais ou menos, 20 minutos.

2.h. Biscoito de polpa de amêndoas
Sempre que fazia o leite de amêndoas, achava péssimo jogar a polpa que sobrava fora.
Usei a polpa do leite feito com as amêndoas com pele.
Como a polpa fica úmida, resolvi misturá-la a um pouco de farinha sem glúten, que normalmente é muito seca e por isso, absorve muita umidade. Juntei um pouco de sal, azeite e água morna. Depois espalhei num tabuleiro untado uma camada bem fininha, fiz uns furinhos com um garfo e assei até ficar bem douradinhos.
Minha farinha sem glúten varia muito. Depende do que tenho na despensa. Dessa vez não tinha farinha de arroz e resolvi improvisar: peguei um punhado de arroz integral, joguei no liquidificador, bati muito bem e pronto! Não tinha o polvilho doce e troquei pela fécula de batata.  Não tinha fubá fininho, usei Milharina. Já usei um pouco de farinha de grão de bico também. Quanto mais misturada, menos gosto de “sem glúten”...
Mas a farinha básica que mais tenho usado é:
1¹/² X de amido de milho
1¹/² X de polvilho doce
1 X de farinha de arroz
¹/² X de fubá bem fininho
Coloco numa vasilha com tampa e balanço bem,  para ficar bem misturada.
A receita do biscoito é:
1 X de polpa de amêndoas
¹/² X de farinha sem glúten
1 CC de sal
3 CS de azeite
Água morna até dar uma consistência que dê para espalhar a massa, mais ou menos ½ copo.

Misturar tudo muito bem e espalhar num tabuleiro uma camada bem fina. Como essa massa não tem elasticidade, vá espalhando e acertando com os dedos. Deixe assar bem, para que fique bem sequinho, bem tostadinho. Forno 180º.  Gosto de desligar o forno e deixar esfriar lá dentro, com a porta aberta, para evitar que ele fique mole.

2.i. Torta do Klaus - massa de castanha de caju:

Ingredientes

2 xícaras de castanha-de-caju
1 xícara de uva passa branca
2 xícaras de amêndoas
15 tâmaras
20 ameixas secas
2 xícaras de água de coco (coloquei metade, para não ficar muito aguado)
½ manga batida (coloquei 1 manga Palmer inteira)
8 damascos secos
Canela a gosto
Noz-moscada
Castanhas para enfeitar
Preparo
Processe a castanha de caju e a uva passa. Em um prato, espalhe a farinha de castanha e uva passa no formato da base e laterais da torta. Coloque as amêndoas no processador e processe até que esteja na consistência de farinha/farelo e adicione as tâmaras. Faça uma camada desta mistura na base e laterais da torta. Para o recheio, coloque no liquidificador as ameixas e a água de coco. Liquidifique e espalhe sob a base da torta. Liquidifique o creme de manga com os damascos e espalhe sob a primeira camada de creme. Finalize com a canela em pó e a noz moscada (a gosto) e decore com as castanhas.

3 – CREMES, RECHEIOS E COBERTURAS:

3.a. Marshmallow:


Misturar bem, antes de levar ao fogo.
Ferver até virar uma calda em ponto de fio.
Bater até esfriar totalmente, para não desandar.
Guardar na geladeira.

3.b.Creme de Chocolate:

½CS do GHEE
2 CS de chocolate em pó Nestlé
2 CS de açúcar
3 CS de creme de soja da Batavo.
Misturar tudo e cozinhar até ferver.

3.c.Baba de Moça:

½ k de açúcar;
400 ml de leite de coco;
1 cs de ghee ou óleo de coco;
6 gemas.

Dissolva bem o açúcar em 2 X de água. Coloque para ferver, até formar uma calda em ponto de fio, sem mexer mais, para não açucarar.
Misture a manteiga, tire do fogo e deixe esfriar.
Passe o leite de coco e as gemas por uma peneira fina e misture à calda de açúcar. Volte a mistura para o fogo bem baixo e mexa sempre, até engrossar e começar a aparecer o fundo da panela.

4 – MOLHOS:

4.a. Maionese:

1 ovo inteiro;
1/2 cebola média ou 1 pequena;
1 cc de sal;
1 cc de mostarda;
1 cc de vinagre ou suco de limão;
óleo de milho ou de girassol até dar ponto.

Importante:
Não colocar nenhum ingrediente muito frio, para não talhar.
Usar ovo fresco.
Se talhar, juntar uma colherinha de água e bater bem.

Colocar todos os ingredientes, menos o óleo, num recipiente de vidro.
Bater com o mixer até a cebola desmanchar.
Ir colocando óleo aos poucos e batendo, até dar ponto.
Guardar na geladeira.

4.b. Maionese com picles:

1 X de maionese;
1 CS de picles picados ;
1 CS de alcaparras picadas;
1 CS de salsinha picada;
1 CC de mostarda.

Escorrer bem todo o líquido do picles e das alcaparras.
Misturar todos os ingredientes numa vasilha.
Deixar descansar uns 5 minutos.
Servir com legumes ou frutos do mar.
4.c. Maionese rosada:

1 X de maionese;
2 CS de catchup;
2 CS de mostarda.

Misturar tudo.
Servir com salada de alface e batatas cozidas.

4.d. Clássico para saladas:

¾X de azeite;
¼X de vinagre;
sal e pimenta do reino a gosto.

Colocar num vidro com tampa.
Misturar bem.
Guardar na geladeira.

Variações:
1 dente de alho amassado
1 CS de filés de anchovas
manjericão

4.e. Molho de Framboesa para saladas:

1 vidro de geléia de framboesa;
1 CS de água;
limão.

Aqueça a geléia com a água.
Deixe esfriar e junte algumas gotas de limão.
Sirva com salada de alface e rúcula.

4.f. Molho de ghee, alho e limão:

½ X de ghee;
3 dentes de alho laminados;
1 CS de suco de limão.

Fritar o alho em um pouco de ghee.
Juntar o restante do ghee e o suco de limão.
Servir com brócolis cozidos.

4.g. Vinagrete:

2/3 X de azeite ou óleo;
¼ X de vinagre ;
Tomates e cebolas.
Picar a cebola e os tomates em pedaços bem pequenos;
Juntar com o azeite, o vinagre e um pouco de água.

4.h. Molho de Mostarda e Mel:

1 CS de mostarda;
1CS de mel;
1 CS de azeite.
Misturar tudo e comer com salada de alface.

4.i. Molho de Cogumelos:

1 CS de ghee ou óleo
250g de cogumelos frescos picados
¾  de X de caldo de carne
1 CS de amido de milho
¼ de X de vinho branco seco
Sal

4.j. Molho de Cúrcuma:

O cúrcuma é o antiinflamatório mais poderoso que se conhece. Para ser absorvido pelo organismo, ele deve ser misturado à pimenta do reino.
Uso típico: ½ cc de pó de cúrcuma misturada com uma CS de azeite, pimenta do reino e um fio de xarope de agave (Endul). Pode ser acrescentado aos legumes, às sopas, ao vinagrete.
( fonte: Anticâncer – David Servan-Schreiber)

5 – SALADAS

5.1. Melangè da Bibi:

¼  de repolho cortado bem fininho;
1 cenoura em pequenas lascas;
1 pimentão verde, 1 vermelho e 1 amarelo cortado em tiras bem finas;
1 maçã cortada em fatias bem finas;
1 vidro de azeitonas verdes em rodelas;
1 vidro de palmito cortado em rodelas;
1 pé de couve-flor cozida até ficar bem macia- colocar somente as flores;
1 cebola branca (cortar em rodelas bem fininhas. Deixar de molho e espremer, trocar a água várias vezes);
tempero caseiro;
castanhas de cajú picadas;
passas;
azeite.
Misture todos os ingredientes deixando por último o azeite, que
deve ser despejado aos poucos na vasilha, para que seja bem incorporado à salada.
No dia seguinte fica ainda mais gostosa!

5.2. Repolho com Laranja:

½ repolho picado em tiras bem fininhas;
2 laranjas picadas;
2 CS de maionese.
Misturar tudo, temperar com um pouco de sal (se necessário) e deixar descansar 15 minutos.

5.3.Quinoa com Pimentão:

1 X de grãos de quinoa;
½ pimentão vermelho;
½ pimentão amarelo;
½ pimentão verde;
sal;
vinagre;
azeite.
Deixar a quinoa de molho em 1 l de água por, no mínimo, 3 horas.
Escorrer, misturar com os pimentões picados em quadradinhos bem pequenos e temperar com sal, azeite e vinagre.

6 – SUCOS E LEITES:

6.a. Inhame com limão:
Colocar no liquidificador um limão com casca e tudo,
um pedaço de inhame do tamanho do limão,
2 copos de água, gelo e açúcar a gosto.
Bater bem, coar (opcional) e tomar imediatamente.

6.b. Cajú com albumina:
1 clara de ovo;
 ½ copo de suco de caju;
1 colher de sobremesa de mel.
gelo
Bater bem e tomar imediatamente.

6.c. Leite de Amêndoas:
1 X de amêndoas;
3 X de água;
1 CS de mel.
Deixar as amêndoas de molho em água, por no mínimo, 3 horas.
Tirar a pele das amêndoas e batê-las com as 3 X de água e o mel.
Passar por um coador de pano e guardar na geladeira.

6.d. Leite de Castanha do Pará:

1 l de água;
250g de castanha do Pará;
1 pitada de canela;
2 gotas de essência de baunilha;
50 g de uvas passa brancas hidratadas (opcional, deixa o leite meio azedinho, mas doce);
2 CS de mel, se não usar as passas.
Deixar as castanhas de molho em água, por no mínimo, 3 horas.
Batê-las com a água, a canela, a baunilha e as passas ou o mel.
Passar por um coador de pano e guardar na geladeira.

6.e. Leite de Coco:

Passe a polpa branca de 1 coco maduro pela centrífuga.  Você vai ter o suco puríssimo de coco. A polpa pode ser usada em outras receitas.
Se quiser, dilua esse leite em um pouco de água.
Caso não tenha centrífuga,  bata a polpa no liquidificador, com 4 copos de água morna, passe pelo coador de pano e guarde na geladeira.

6.f. Suco de pepino com limão:

Passe na centrífuga: 2 pepinos e 1 limão. Misture gelo e adoce com xarope de agave.

6.g. Leite de amêndoas com coco.

Eu fazia o leite de amêndoas tirando a pele delas, deixando de molho por 8 horas e depois batendo no liquidificador e coando em um pano fino de algodão.
Só que esse leite azedava muito facilmente. Como o coco é bactericida, resolvi misturar 100 ml de leite de coco a cada litro de leite de amêndoas. Ficou delicioso e parou de azedar tão facilmente.
Depois resolvi acrescentar castanhas do Brasil, por causa do selênio...
Aí conheci uma mulher que esteve no  Hippocrates Health Institute, e ela me falou para não tirar a pele das amêndoas, pois elas são ricas em compostos fenólicos, que são um grupo de antioxidantes que combatem os radicais livres. Mudou minha receita outra vez, mas o leite ficou ainda melhor.
Agora o leite ficou assim:

- Colocar 1 copo de amêndoas de molho na água com uma colher de sopa de suco de limão, por aproximadamente 3 horas.
- Enxaguar as amêndoas, colocá-las no liquidificador com um pouco de água e bater até quebrá-las ligeiramente.
- Deixar novamente de molho em água pura, juntando também 3 castanhas do Brasil (opcional), por no mínimo 5 horas, para que hidratem bem. Eu deixo de 1 dia para o outro, pois quanto mais hidratadas, mais leite você consegue.
- Escorrer a água, colocar no liquidificador  com 3 copos de água e bater muito bem.
- Coar num pano fino de algodão.
- Completar o leite adquirido com água, até obter 1 litro.
- Juntar 100 ml de leite de coco.
Se quiser esquentar esse leite, para que ele não talhe, junte um pouquinho de amido de milho.
Fiz um Creme de Chocolate delicioso usando para cada copo de leite, 1 colher de sopa de amido de milho, 1 colher de sopa de açúcar e 1 colher de sopa de chocolate em pó. Coloquei também umas gotas de baunilha orgânica e um pouco de canela em pó.


7 – LANCHES:

7.a. Falso Pão de Queijo:

1 k de polvilho azedo;
½ k de batata inglesa cozida bem amassada;
18 CS de óleo frio ou 9 CSde óleo frio e 9 de GHEE;
6 ovos;
1 CS de sal com alho
1 ½ CS de ZATTAR
1 ½ copo de leite de soja uso culinário ou 6 colheres de farinha de soja dissolvida em 1 1/2 copo de água;
Misture tudo  muito bem. O segredo está em amassar bem.
Guardar na geladeira ou fazer bolinhas e congelar.
Assar em forno 180º por ½ hora.

7.b. Rocambole de Atum:

1 receita de pão de ló de fécula de batata ( bolos);
Maionese;
1 lata de atum;
Cereja em calda para enfeitar.
Asse o pão de ló. Desenforme em cima de um pano úmido, cubra com a maionese misturada com o atum e enrole.
Cubra com maionese e enfeite com cerejas em calda.

7.c. Rocambole de Presunto:

1 receita de pão de ló de fécula de batata ( bolos);
Maionese;
150 g de presunto;
Azeitonas verdes;
Passas de uva.

Asse o pão de ló. Desenforme em cima de um pano úmido, cubra com a maionese e com o presunto. Salpique as azeitonas e as passas. Enrole e cubra com maionese.
7.d. Rolinho de papel de arroz

Coloque água em um prato raso e molhe o disco de massa de arroz dos dois lados. Coloque o disco molhado em outro prato, para rechear. É melhor colocar o recheio na parte de baixo do círculo, deixando um espaço de cada lado, para facilitar na hora de enrolar. Fica como um rolinho de primavera chinês.
Para rechear, você pode colocar, legumes crus, camarão, frango, o que quiser. Misture várias texturas. Acho bom sempre colocar palitinhos de pepino, para o recheio ficar fresquinho e crocante.É só procurar na internet por Rolinho Vietnamita, que vocês encontrarão milhões de idéias. Inclusive essa massa pode ser frita ou grelhada.
Essa é a receita que uso:

6 folhas de arroz
1 bandeja de palmito de pupunha em tiras
2 cenouras
2 dentes de alho
2 colheres de sopa de missô
2 xícaras de água
1 pepino japonês

Modo de preparo:
Corte a  cenoura em tirinhas finas. Dilua o missô na água. Leve o missô, o palmito, a cenoura, e o alho ao fogo por 5 minutos. Retire a cenoura e o palmito e reserve o molho.

Para o rolinho:
Coloque água em um prato raso e molhe o disco de massa de arroz dos dois lados. Coloque o disco molhado em outro prato, para rechear. Corte o pepino em tirinhas. Recheie o disco com o pepino, a cenoura, o palmito e o creme de amendoim. Enrole e pronto!
Creme de amendoim:
Ingredientes:
1 xícara de pasta de amendoim
1 colher de sobremesa de melado
1 colher de chá de óleo de gergelim tostado
1/2 xícara do molho do cozimento da cenoura
1 dente de alho
Gotinhas de limão
Modo de preparo:
Bater no liquidificador todos os ingredientes até formar um creme.
7.e Pão de Quê

O mais legal nesta receita é que se colocamos uma pequena quantidade apenas,no fundo da forminha de cupcake,teremos um biscoito crocante e oco por dentro, tipo aqueles biscoitinhos "papa-ovo".Mas se enchemos generosamente nossa forminha, teremos um delicioso pão de queijo sem queijo,macio e "gordinho" como um pão de queijo deve ser.

Ingredientes ;
1 X de polvilho doce
1/4 X. de água
1/4 X do óleo de sua preferência
1/2 cc de sal
1 cabeça de cebola, pequena
1 ovo 

Bata tudo no liquidificador até ficar uma massa líquida e uniforme. Asse em forno médio e fique de olho,pois é muito rápido. Dourou ! Está pronto! 
1

6 comentários:

  1. CONSEGUI FAZER O GHEE E ADOREI POIS MISTUREI COM ALHO E FICOU MARAVILHOSO.
    CHRIS

    ResponderExcluir
  2. A organização de seu site ficou ótimas nas Receitas.
    Beijos Helen do Grupo.

    ResponderExcluir
  3. Tenho lido que a soja e o açúcar não são adequados para crianças autistas. O que fazer nesse caso? obrigada

    ResponderExcluir
  4. Obrigadaaaaa pelas dicas maravilhosas

    ResponderExcluir
  5. Sou novo na área. Minha filha de 1 ano e 10 meses foi diagnosticada com autismo em 18/07/16. Estou aprendendo muita coisa e este blog é de fundamental importância para mim. Muito obrigado às organizadoras.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é Luiz. Meu nome é Vander

      Excluir