segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

João de Deus - Nova Ciência

Nos últimos 2 meses, aconteceram muitas coisas. Desde 2005, uma amiga espírita nos falava do médium João de Deus, de Abadiânia. Mas, nunca nos interessamos.
Em outubro, meu marido se encontrou com um velho conhecido, que lhe falou sobre um sobrinho, que tinha um tumor no cérebro, e foi curado por ele.
E por coincidência, várias pessoas começaram a nos contar casos como esse.
Logo, Marcos se animou e fomos até lá.
Realmente ele é uma pessoa incrível. A Xuxa tinha estado lá, e gravou um programa que deve passar em breve.
Vimos várias pessoas serem curadas e até algumas cirurgias espirituais na nossa frente, sem anestesia, sem maiores cuidados.
Na primeira vez que passamos por ele, ele falou para eu e Ana voltarmos à tarde, e deu um remédio para Silvia. À tarde, quando voltamos, falou que ficássemos na “corrente” de energia. Passamos por ele outras vezes, e numa delas, quando Ana insistia em chamá-lo de Gonzaga, meu amigo, ele se virou para mim e disse: “ Eu vou curar essa menina”.
Lógico que ficamos superfelizes, e ficamos de voltar no outro mês, pois ele pede que se volte lá, enquanto estiver sendo feito o tratamento, de 45 em 45 dias.
Assim que cheguei a BH, recebi um email da Nova Ciência, empresa que fabrica parte dos equipamentos que Orestes usa na Cliteq. Como comprei um deles, que testa intoxicações e alergias, ia fazer um curso para aprender a usá-lo. Só que o curso foi transferido para o ano que vem. Como queria aprender antes disso, o Alexandre e o Silvio se prontificaram a me dar as explicações necessárias, se eu pudesse ir a São Paulo. Lógico que eu quis, pois sempre fui louca para conhecê-los, de tanto que Orestes os elogia. Respondi falando que iria, e que meu sonho era que um dia eles olhassem a Aninha para mim. E eles me responderam que eu poderia ir e levar a Ana!!!
Marquei nossa ida a São Paulo para o dia 06 de dezembro, porque antes ainda voltaria a Abadiânia.
Na segunda ida a Abadiânia, o médium curou uma pessoa na nossa frente e falou:”O que vocês viram é energia espiritual pura, e é o que estou usando em sua filha”.
Voltando de lá, fui para São Paulo. Fiquei realmente impressionada com o Alexandre e o Silvio. Foram muito sinceros desde o princípio, falaram que o quadro dela indicava intoxicação por metais pesados e excesso de fungos e bactérias no organismo. Falaram que ela pode apresentar muitas melhoras, mas que bactérias sempre deixam sequelas... Mas, sempre tem um mas, Silvio falou que já teve um caso em que ele não acreditava na recuperação  e a pessoa se recuperou. Indicou remédios homeopáticos, desintoxicação de metais pesados e solventes,  e outra coisas mais. A análise em Bio-ressonância que fizeram, indicou  infecção por bactérias, intoxicação por metais pesados e solventes, alergia a leite e glúten. Os parasitas pesquisados deram positivo para Ascaridinum, Candidinum, Clostridium perfringens, Escherichia coli e Shigella. Lembro que uma vez fui num gastro e pedi que me desse um pedido de exame para Clostridium, pois frequentemente é achado no intestino de autistas, e ele nem me escutou, porque “claro, que minha filha não tinha”.
Bem, o que está feito, está feito. Por mais que tenha ficado triste com o que o Silvio falou sobre as sequelas, ainda não vou desanimar. Vou me pegar no “mas” e no “vou curar sua filha”, para continuar tentando. A ADEFA ( (38) 3084.7742), em Montes Claros já está fazendo esse exame. Acho que qualquer um que tenha condição de ir até lá e fazê-lo, deve ir.
Nesse ano, o prêmio Nobel de Literatura foi para um autor praticamente desconhecido no Brasil, o sueco Tomas Tranströmer.
Ele tem um poema inspirado na tela “Mulher de azul lendo uma carta” do pintor holandês, Vermeer, que termina assim:
O céu claro fixou-se em uma inclinação contra a parede.
É como uma oração para o vazio.
E o vazio vira seu rosto para nós
E sussurra:
“Não estou vazio, estou aberto.”
Estou assim, não vazia, mas aberta.

domingo, 18 de dezembro de 2011

Site de brincadeiras

A Folha de São Paulo lançou, no dia 10 de dezembro, um site com acervo de 750 brincadeiras, das cinco regiões do Brasil.
O www.mapadobrincar.com.br tem brincadeiras, cantigas, entrevistas, etc.
Vale a pena olhar.

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Transporte público para combater o autismo

O Museu do Trânsito de Nova York resolveu dar mais atenção a um de seus públicos mais fiéis: crianças autistas. Seguindo os passos do Museu dos Transportes de Londres, a instituição lançou em agosto um programa extracurricular chamado Subway Sleuths ("detetives do metrô"), com foco em autistas de 9 e 10 anos. O objetivo é usar a história do metrô da cidade para ajudar as crianças a se conectarem com o mundo. Elas são estimuladas a fazer seminários sobre o transporte subterrâneo e, assim, trabalhar a comunicação com outras pessoas. Segundo o programa, autistas se sentem confortáveis com a previsibilidade do metrô e suas linhas, pontos e horários determinados. De acordo com o jornal The New York Times, as crianças que participam do programa são fanáticas pelo sistema de transporte a ponto de saber até o número de degraus de cada estação da cidade.

sábado, 19 de novembro de 2011

Sabonetes e Cosméticos sem parabenos.

Hoje achei na FITO os produtos da Reserva Fólio.Vale a pena conferir sua linha de produtos. O site é o
http://www.reservafolio.com.br/

A Reserva Fólio nasceu em 2003, quando Simone Valladares decidiu unir sua longa experiência na área de cosméticos naturais ao amor que sempre teve ao meio ambiente e à preocupação com sua preservação.
Pertencendo a uma família que atuava há 37 anos na área de cosméticos naturais, Simone buscou desenvolver uma linha independente de produtos que pudesse ser feita com matérias-primas 100% naturais, aproveitando a riqueza da biodiversidade brasileira e que viessem de projetos comprovadamente responsáveis com o meio ambiente e social. Além disso, ela via neste projeto uma forma de despertar uma nova consciência nas pessoas.
Foram pesquisados os benefícios de várias matérias-primas brasileiras, como os óleos e as manteigas amazônicas, como também óleos de plantas vindas da Ásia e Europa. Chegou-se a preciosas formulações de cosméticos que vêem sendo muito apreciadas por sua grande eficiência dermatológica. Mas o grande orgulho destas conquistas é saber que a maior parte destas matérias-primas possui qualidade orgânica certificada.

Hoje a Reserva Fólio é composta por uma coleção de produtos certificados conforme o programa NOP e/ou IBD orgânico, com qualidade orgânica e natural e tem seu trabalho reconhecido como uma referência de inovação, qualidade e seriedade.
A Reserva Fólio é uma empresa de cosméticos orgânicos e naturais certificada, que percebe a vida na sua totalidade e unicidade. Ela tem consciência de que beleza é conseqüência da harmonia entre corpo, mente e alma, sempre em sintonia com o meio ambiente e a sociedade.
Partindo desta premissa a Reserva Fólio desenvolveu duas linhas de cosméticos, orgânica e natural, certificada conforme o programa NOP e/ou IBD orgânica. Ela emprega matérias-primas 100% naturais e em grande parte originárias da biodiversidade brasileira como a castanha-do-pará, a andiroba, o cupuaçu, babaçu, etc., provenientes de projetos com responsabilidades social e ambiental comprovadas. A empresa tem a filosofia de unir qualidade do produto à consciência de sua cadeia produtiva.
As formulações da Reserva Fólio recebem os valiosos óleos e manteigas brasileiras, riquíssimos em anti-oxidantes, vitaminas, minerais, conferindo-lhe alto valor dermatológico. Além disso, a aromatização e conservação da linha são feitas com óleos essenciais naturais, o que lhe proporciona muitos benefícios, inclusive o aromaterápico. Não há utilização de substâncias derivadas de petróleo, química sintética ou de origem animal.
Devido ao sentimento ambientalista que norteia a Reserva Fólio, a empresa não desenvolve testes em animais e participa de projetos educativos que buscam preservar ou mesmo recuperar áreas desmatadas próximas à sua localização.
A Reserva Fólio é comprometida com a alta qualidade de seus produtos, mas sempre atuando de forma consciente. Ela considera seus produtos mais que cosméticos, uma visão do mundo.

Baunilha Orgânica

A baunilha é ótima para aromatizar receitas e com isso, nos possibilita a redução da utilização de açúcar nas mesmas.
Infelizmente é difícil achar o verdadeiro extrato de baunilha. Tem gente que até acha que aqueles vidrinhos de baunilha que compramos são naturais. São química pura.
Num desses dias achei uma essência orgânica, feita de água, álcool, açúcar e vanilina. Fiquei meio sem saber se a usava ou não, com medo do gosto não ser muito bom. Meu marido, que adora baunilha, que resolveu testá-la. Fez um creme chantilly (ele não segue dieta nenhuma...) e colocou algumas gotas. Ficou perfeito!
O gosto é ótimo. Texto do site do fabricante:

A Baunilha Bourbon Gourmet Valeso é  considerada uma especiaria por interferir de forma benéfica no sabor final da comida.  Esta especiaria é  um  aromatizante  largamente usada na preparação de sorvetes, cakes, tortas, chocolates, bebidas e produtos de confeitaria, além de ser também utilizada em perfumaria e, em pequena escala, como medicinal (na nossa embalagem indica formas de uso)..
No Brasil  o que mais comumente se vê nas prateleiras dos mercados, são imitações químicas apresentados em essência e açúcar vanille, sendo algumas delas prejudiciais a saúde humana, sendo  proibida a sua comercialização em paises norte-americanos e Europeus.
Alguma Baunilha importada entra no nosso país, em sua maioria com alto teor de pesticidas usados para combate a inúmeras pragas e doenças, que é maquiadoo pelo aroma da espéciaria. Com a nossa Baunilha Orgânica você estará isento de consumir qualquer elemento contaminante e ajudando na manutenção da qualidade de vida no nosso planeta, além de obter alta capacidade de aromatização e sabor.
Mesmo após anos de tentativas, ninguém conseguiu desenvolver essência artificial similar ao fino aroma da Baunilha Bourbon Gourmet Valeso.
A Valeso atende aos mais conceituados e exigentes centros gastronômicos em vários paises do mundo, ávidos pela qualidade impar que galgamos após anos e anos de especialização no padrão “Bourbon Gourmet” nesta especiaria.  Teste também a sua receita.

Vale a pena, é realmente deliciosa.

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

DESINTOXICAÇÃO – LIMPEZA DA CASA


O principal segredo na limpeza da casa: nunca deixar a sujeira acumular, para não precisar usar produtos tóxicos.
Se você ainda não está preparada para uma mudança radical na forma de limpar sua casa, comece aos poucos, vá fazendo pequenas mudanças, teste um produto um dia, se adapte a ele, e depois vá trocando os outros também. Quando menos esperar, seu armário de produtos de limpeza estará se resumindo a poucos itens,sendo que o mais importante será o bicarbonato de sódio, que também será seu grande companheiro para os escalda-pés de desintoxicação. E na cozinha estarão 3 grandes aliados: o vinagre, o limão e, muitas vezes, o sal.
Enquanto pensa nessa troca, vá fazendo pequenas modificações, que já ajudam muito. Lembre-se da fórmula mais fácil de limpeza: água quente e sabão neutro. Lave o piso da cozinha e banheiros com água e detergente neutro. Para isso, utilize a água da lavagem de roupa, que vivemos desperdiçando e jogando fora. Lembre-se de manter o box e as janelas do banheiro sempre abertos para ventilar e não dar mofo. São pequenas atitudes que trazem grandes reflexos para sua saúde e para a saúde do planeta.
Com esses três produtos você faz mágica em sua casa:
O vinagre branco, por causa de sua acidez, é ideal para desinfetar, combater o mofo, retirar a gordura de superfícies e eliminar odores fortes. Ele substitui o detergente, o amaciante e os limpadores multiuso, que utilizam cloro, amoníaco, formaldeído e soda cáustica em sua composição.
O limão ajuda a remover sujeira, manchas de ferrugem e também gorduras. Ele substitui a água sanitária e os removedores de manchas de ferrugem, entre outros, que utilizam cloro e solventes em sua composição.
O bicarbonato de sódio é ótimo para a limpeza em geral e para absorver odores. Use luvas se for manejá-lo por um período longo. Ele substitui a água sanitária, o detergente e o sapólio, que utilizam cloro e formaldeído em sua composição.

EVITE:

CLORO:
O cloro ( grego khlorós, esverdeado ) é um elemento químico , símbolo Cl de número atômico 17 ( 17 prótons e 17 elétrons ) com massa atómica 35,45 u, encontrado em temperatura ambiente no estado gasoso. Gás extremamente tóxico e de odor irritante, foi descoberto em 1774 pelo alemão-sueco Karl Wilhelm Scheele.
O elemento cloro está situado na série química dos halogênios ( grupo 17 ou VIIA ). No estado puro, na sua forma biatômica (Cl2) e em condições normais de temperatura e pressão, é um gás de coloração amarelo esverdeada, sendo duas vezes e meia mais pesado que o ar. É abundante na natureza e é um elemento químico essencial para muitas formas de vida.
Na natureza não é encontrado em estado puro, já que reage com rapidez com muitos elementos e compostos químicos, sendo encontrado formando parte de cloretos e cloratos, sobretudo na forma de cloreto de sódio nas minas de sal gema e dissolvido na água do mar. O cloreto de sódio é comum como sal de mesa.
O cloro é empregado para potabilizar a água de consumo dissolvendo-o nela. Também é usado como oxidante , branqueador e desinfetante. É gasoso e muito tóxico (neurotóxico) , foi usado como gás de guerra na Primeira e na Segunda Guerra Mundial.
O cloro provoca irritação no sistema respiratório, especialmente em crianças. No estado gasoso irrita as mucosas e no estado líquido queima a pele. Pode ser detectado no ar pelo seu odor a partir de 3,5 ppm, sendo mortal a partir de 1.000 ppm. Foi usado como arma química a partir da Primeira Guerra Mundial.
Uma exposição aguda a altas concentrações de cloro ( porém não letais ) pode provocar edema pulmonar, ou líquido nos pulmões. Uma exposição crônica abaixo do nível letal debilita os pulmões aumentando a suceptibilidade a outras enfermidades pulmonares.
Em muitos países é fixado o limite de exposição no trabalho em 0,5 ppm ( média de 6 horas diárias, 40 horas semanais ).
FORMALDEÍDO:
O formaldeido é um dos mais comuns produtos químicos de uso atual.
O Departamento de Saúde e Serviços Humanos (DHHS) determinou que o formaldeído pode ser considerado um razoável carcinogénico humano (NTP). A Agência Internacional para Pesquisa sobre Cancro (IARC) determinou que o formaldeído é cancerígeno para os seres humanos. Esta determinação foi baseada em decisões específicas que existem evidências limitadas em seres humanos e evidência suficiente em animais de laboratório que o formaldeído pode causar cancro. A Agência de Protecção Ambiental (EPA) determinou que o formaldeído é um provável carcinogénico humano com base em evidências limitadas em seres humanos e evidência suficiente em animais de laboratório.
Trabalhadores podem ser expostos durante a produção direta, tratamento de materiais e produção de resinas. Profissionais da área da saúde, técnicos de patologia e histologia, professores e estudantes que manuseiam espécimes preservados estão potencialmente em alto risco de exposição. Consumidores podem receber exposição através de materiais de construção, cosméticos, móveis e produtos têxteis.
A exposição de curta duração pode ser fatal, entretanto o limiar de odor é suficientemente baixo para que a irritação dos olhos e membranas mucosas ocorram antes destes níveis serem alcançados. Exposições de longa duração a baixas concentrações de formaldeido podem causar dificuldade respiratória, enfisema e a sensibilização. O Formaldeído em concentrações acima do limite é classificado como carcinogênico humano e têm sido relacionado com câncer dos pulmões e nasal e com possível câncer no cérebro e leucemia.
SOLVENTES:
Se denomina solvente, dissolvente ou dispersante aquela substância que permite a dispersão de outra substância em seu meio. Normalmente o dissolvente estabelece o estado físico da dissolução. Por isso, se diz que o dissolvente é o componente de uma dissolução que está no mesmo estado físico que a dissolução. Numa dissolução de água e sal de cozinha, a água é o solvente porque dispersa no seu meio o sal.
A água é um solvente inorgânico, polar, chamado frequentemente de "solvente universal" pois é usado para dissolver muitas substâncias.
Muitos solventes utilizados na indústria são substâncias altamente voláteis, isto é, que se evapora facilmente, daí é que pode ser inalada (introduzida no organismo através da aspiração, pelo nariz ou boca). Outra característica é serem inflamáveis, isto é, pegam fogo facilmente.
            Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Para começar a se acostumar com esses “novos” produtos, comece a utilizar esse limpador coringa, para limpeza geral: Misture 4 colheres de sopa de bicarbonato de sódio em um litro de água morna e adicione uma colher de sopa de vinagre branco, ou suco de limão, para dissolver a gordura.
 Depois vá tentando pequenas substituições, como essas:

 - Nos banheiros:

Limpar azulejos e tirar o limo: aplique vinagre branco puro com uma escova de dente e pressione sobre os rejuntes. Deixe agir por duas horas. Em seguida, lave com água e sabão.
Limpar azulejos com vinagre ou com bicarbonato de sódio toda semana, evita o aparecimento do limo.
Louças do banheiro: usar uma escova com vinagre ou bicarbonato de sódio; pode-se limpar também com uma mistura de sal e vinagre quente, ou esfregar com limão.
Bocais de chuveiro de metal entupidos por depósitos minerais: deixar de molho em uma mistura de 1/2 xic de vinagre com 1/4 de xic de água, por 15 minutos
Bocais de chuveiro de plástico entupidos por depósitos minerais: deixar de molho em uma mistura de 1/2 l de vinagre com 1/2 l de água quente, por 60 minutos
Desinfetante sanitário: Misturar bicarbonato de sódio com vinagre.
Limpeza do vaso: Despeje o vinagre e deixe-o agir por trinta minutos, depois borrife bicarbonato de sódio em uma escova apropriada e esfregue as áreas manchadas.
Azulejos: esfregar com água e bicarbonato de sódio; com água quente e álcool; ou com água quente (quatro litros) e vinagre branco (meio copo).
Tampas de vaso sanitário de plástico: usar umas gotas de álcool para limpar.
Cortinas de banheiro: espalhar bicarbonato e lavar normalmente.
Pentes e escovas: deixar de molho em água morna e três colheres de sopa de bicarbonato por algumas horas. Lavar normalmente.

- Na cozinha:

Limpar o fogão depois de uma fritura: coloque um pouco de vinagre sobre a gordura e deixe por 15 minutos até soltar. Em seguida, passe um pano;
Panelas com comida agarrada: ferver com água e vinagre ou misturar água quente com três colheres de sopa de bicarbonato. Deixe dentro do recipiente até o alimento se soltar. Em seguida, esfregue com a bucha;
Porcelana manchada: esfregar com meio limão; com sal e vinagre quente; ou com bicarbonato de sódio e água. Se precisar, deixe de molho na água com bicarbonato de um dia para o outro.
Pratos e talheres: o limão e o vinagre tiram a gordura e deixam-nos brilhantes.
Limpar forno: Misture bicarbonato de sódio, sal, água quente e vinagre, e passe com esponja. Remova com um pano. Nas manchas ainda recentes põe-se água e espalha-se bicarbonato de sódio; se são muito difíceis de sair pode colocar-se sal e limpar quando ficar frio.  Pode-se também misturar água e bicarbonato em partes iguais, espalhar no forno, deixar de um dia para o outro e retirar com um pano úmido. Se o problema for cheiros persistentes, deixe uma vasilha aberta,com bicarbonato até voltar a usá-lo.
Limpar parede de gordura a cada vez que fizer frituras: água morna com vinagre Limpar o fogão depois de uma fritura: coloque um pouco de vinagre sobre a gordura e deixe por 15 minutos até soltar. Em seguida, passe um pano;
Limpar parede de gordura a cada vez que fizer frituras: água morna com vinagre branco.
Tirar gordura das louças e das janelas: adicione um quarto de xícara de chá de limão dentro do frasco de detergente. Aplique com um pano seco e retire com um pano úmido.
Limpar louças e janelas não muito sujas: usar limão e água na mesma proporção.
Recipientes de plástico manchados: misture duas colheres de sopa de bicarbonato com suco de um limão. Esfregue o plástico manchado e deixe-o descansar por 20 minutos. Em seguida, lave normalmente.
Tirar a ferrugem de objetos como talheres e grelhas: esfregar suco de limão com uma palha de aço.
Tirar cheiro das mãos: esfregar um pouco de suco de limão.
Manchas em Tupperware e vasilhas de plástico: esfregar limão, deixar secar no Sol e lavar.
Tábuas de cozinha: esfregar 1/2 limão, deixar 20 minutos e enxaguar.
Torneiras: esfregar com suco de limão, deixar agir durante a noite, passar um pano úmido e secar
Desentupir ralos com gordura: ferva uma chaleira de água e misture com uma xícara de sal e uma xícara de bicarbonato. Jogue a solução no ralo e espere desentupir.
Pias de aço inoxidável: esfregue a superfície com bicarbonato para, pouco depois, enxaguar.
O bicarbonato de sódio ajuda a eliminar os cheiros de cafeteiras e dos recipientes de plástico para a comida. Misture 1 colher de bicarbonato em 1/2 litro de água morna e lave.
Inox: Limpar com uma pasta de bicarbonato de sódio e água, enxaguar com água , secar e passar uma flanela seca para dar brilho.
Parte interna da geladeira: água misturada com bicarbonato de sódio e sabão neutro.
Esponjas sujas: encharcá-las com uma solução de 4 colheres de sopa de bicarbonato para 1 xíc de água.
Tigelas e utensílios de madeira: limpe, remova manchas e desodorize com uma solução de bicarbonato de sódio e água.

Na casa em geral:

Eliminar o cheiro de mofo: coloque uma bacia com vinagre branco puro dentro do local que estiver cheirando a mofo. Deixe um dia inteiro (certifique-se de que ninguém da sua família esteja por perto, já que o cheiro do vinagre não é nada agradável);
Limpar janelas e espelhos: dilua três colheres de vinagre em dez litros de água quente. Antes de passar a solução com vinagre, limpe o vidro com água e sabão;
Cheiros fortes como urina de animais de estimação: dilua 300 ml de vinagre em um litro de água morna e aplique no local que está com mau cheiro. Deixe secar naturalmente.
Cheiro do ambiente: vinagre ou baunilha num prato durante uma hora.
Para evitar que os canos fiquem entupidos, jogar água fervente uma vez por semana.
Se o cano estiver já entupido tapar o respirador (orifício superior da pia) com um pano e tentar com um desentupidor de borracha (ventosa). Jogar água fervente pelo cano duas vezes por dia, depois meia xícara de bicarbonato de sódio e outra meia de vinagre quente.
Janelas: limpar com água quente com um pouco de vinagre, álcool ou sumo de limão; duas ou três gotas de álcool num balde de água. Nunca limpar quando bate o sol, pois ficam com brilho azulado.  Secar com papel de jornal.
Lustra móveis: usar sumo de limão misturado com o dobro de azeite. Aplicar com um pano. Também se pode misturar três quartos de azeite e um quarto de vinagre, adicionando também água.
Objetos de metal: limpar com vinagre puro.
Desentupir pia e ralos em geral: Jogue no ralo 4 colheres de sopa de bicarbonato de sódio, 1/2 xic . de vinagre branco. Deixe agir um pouco e jogue água fervente por cima.
Carpete: limpar com uma solução de água com vinagre branco.
Objetos dourados: Utilizar, esfregando, limão ou uma mistura de água e vinagre em partes iguais.
Fórmica: Para tirar mancha de tinta esferográfica, e deixar a fórmica limpa, esfregar com álcool ou com uma solução de água com vinagre.
Tapetes e carpetes: limpar com uma solução de 1 litro de água com duas colheres de sopa de vinagre
Limpar paredes: Vinagre e água em partes iguais.
Encerar: Misturar uma parte de óleo vegetal, como a linhaça, com outra parte de suco de limão ou vinagre, e aplique com uma flanela.
Limpar cobre: Esfregar com uma cebola cortada, ou tomate com sal ou uma mistura de limão e sal. Lavar e secar com um pano bem limpo.
Prata: Pôr os objetos em 1,5 litro de água quente, uma colher de sal, uma colher (chá) de bicarbonato e um bocadinho de papel de alumínio. Ferver por 3 minutos e limpar com um pano seco.Também pode se usar uma pasta de bicarbonato de sódio e água.
Desodorizante de ambiente: 4 colheres de sopa de vinagre num pratinho colocado sob um móvel. As plantas também funcionam como ótimos purificadores do ar.
Eliminar cheiro de comida, animais ou fumo em sofás e almofadas: polvilhar bicarbonato e aspirar.
Riscos de lápis de cera nas paredes: passe uma pasta em partes iguais de água e bicarbonato. Deixe secar e remova com um pano seco.
Cinzeiro: um pouco de bicarbonato no fundo evita que o cheiro exale.

Na lavanderia:

Amaciante de roupas: Ao enxaguar a roupa, colocar meio copo de vinagre branco ou suco de limão na última água. Além de amaciar, o vinagre realça as cores e impede que manchem. Ele dá às roupas um aroma fresco, amacia também os tecidos de lã e elimina as manchas de transpiração.
Manchas de caneta na roupa: lavar com água morna, vinagre e sabão e enxaguar em água quente.
Colarinho de camisa: passar uma pasta de bicarbonato com vinagre 1 hora antes de lavá-la
Para remover manchas de sucos, vinho e molho de tomate em tecidos: esfregue a mancha com limão, enxague e deixe secar. Se ainda houver pequenas manchas no tecido, aqueça um litro de água e misture com quatro colheres de vinagre. Deixe agir por 15 minutos para, depois, enxaguar;
Para alvejar roupas amareladas: Coloque-as de molho em água com pedaços de limão. Elas ficarão cheirosas e sem aparência desbotada. Quando a mancha sair, lave normalmente.
Ferrugem em tecidos: cubra a área com sal e suco de limão, coloque no sol por 20 minutos e depois cubra com um pano grosso e passe o ferro quente. Lave normalmente. Ou então esfregue com uma pasta de bicarbonato e suco de limão até a mancha desaparecer.
Para as partes mais sujas da roupa branca pôr de molho em bicarbonato de sódio e água antes de lavar.
Manchas amarelas em tecidos: ferver durante 1 hora com água sal e bicarbonato.

Lembrem-se sempre: a desintoxicação é fundamental para os autistas.

Se quiser mais dicas, veja nesse blog a página "DESINTOXICAÇÃO".

domingo, 6 de novembro de 2011

Vídeo - AntiCancer

Lembrem-se que o que vale para o câncer, vale para as doenças autoimunes e para o autismo. A ADEFA estará fazendo, em breve, exame de alergias alimentares por ressonância magnética. Isso é necessário porque, mesmo que um alimento seja considerado perfeito para a saúde, como o alho, por exemplo, para o seu organismo ele pode ser tóxico. Além disso, com o mesmo equipamento a ADEFA terá como testar a existência de verminoses e a intoxicação por metais pesados no organismo. Com esses dados será possível montar um tratamento baseado no que hoje acreditamos ser fundamental para os autistas (e portadores de doenças autoimunes): desintoxicaçao e nutrição.



sábado, 15 de outubro de 2011

MUNDO AZUL

Recebi por email:

Amigos,
O site mundo azul foi criado para ajudar todos na luta pelo conhecimento e divulgação do autismo.
Junte-se à nós, vem pra cá e entre em contato, dê sua sugestão.
A opinião de todos os pais são importantes para nosso aprimoramento e queremos conhecer vocês também.
Nossa história pode ser a sua história também, eu aguardo a visita e opinião de todos!
 
site para visita e sugestões .www.mundoazul.org.br
 
Abraços azuis!
Berenice Piana

Eu tive um AVC... E agora?

Há um bom tempo venho ensaiando voltar com a página “Livros”, pois todo dia me pedem uma indicação de livros para ler.
Ficava só adiando, porque ando envolvida com muitas coisas diferentes.
Só que agora recebi  um livro, que li em 3 horas, que acho que vai reabrir essa página com chave de ouro.
Foi Flávio, meu colega/amigo que me falou dele, e despertou meu interesse.
Foi escrito pela ex-mulher de um amigo dele, que teve um AVC, sobreviveu a ele, mas não resistiu a uma depressão.
Suas irmãs resolveram publicar seus “manuscritos”.
A coincidência já começou com o nome do livro:
Eu tive um AVC.. E agora?
Pois já escrevi um texto, que virou página aqui no blog, Tenho um filho autista. E agora?
Depois um parágrafo:
“Vou aproveitar para dar uma dica a você que é profissional ou gosta de trabalhar na área da saúde, principalmente aos profissionais que estão no CTI. Cuidado! Os pacientes que estão perto da morte, na maioria das vezes, só não falam, estão como mortos, mas ouvem tudo que é dito ao redor e dói muito quando alguém fala coisas do tipo:
- Ah! Essa não tem jeito, vai morrer mesmo!”
Esse é um assunto que já foi falado aqui, nossos meninos não conseguem se expressar, falar, mas muitos que conseguiram sair do autismo falam que sempre entendiam tudo, sabiam o que falar, mas não conseguiam que as palavras saíssem.
Sempre vejo o desespero de Ana, quando quer achar alguma coisa no computador, tenta me explicar, e não consigo entender. São sentimentos de frustração e de impotência incríveis.
E Silvana  ( seu nome é Silvana Lima Nascimento) descreve isso perfeitamente.
Em seu livro “Três Poetas de sua Vida”, Stefan Zweig escreve sobre a dificuldade de se escrever uma autobiografia:
Que heróica paciência e segurança de si próprio não precisa um homem, antes de poder pronunciar com autoridade as palavras sublimes: ‘ Vidi cor meum’. – Conheci meu coração!
E como é penosa a volta!
Isto é, como é difícil emergir das profundezas do próprio ser para o mundo exterior!”
Silvana conseguiu esse feito, não como Casanova, Stendhal ou Tolstói, os poetas citados, mas como uma pessoa que conseguiu colocar no papel sentimentos que mesmo nós não conhecemos, mas que com certeza nossos filhos conhecem.
Não sei onde o livro pode ser achado, pois só achei um email para contato:
 Na falta de uma imagem da capa do livro, coloquei borboletas, uma de suas paixões.

sábado, 8 de outubro de 2011

DESINTOXICAÇÃO - CLOROFILA DO TRIGO E ÁGUA ESTRUTURADA

Já falei aqui sobre o tratamento feito no Instituto de Saúde Hipócrates (Hippocrates Health Institute), todo à base de suco de grama de trigo, frutas, verduras e legumes.
É uma desintoxicação e reconstrução radical do organismo.
Em seu livro “Lugar de médico é na cozinha”, o Dr. Alberto Peribanez Gonzalez nos fala o seguinte:
“A água que nos vem pelas frutas e verduras orgânicas e cruas é totalmente diferente da mais cara de todas as águas minerais. É uma água biológica, coloidal, que contém enzimas ativas, minerais, nutracêuticos e bactérias benéficas...
As águas estruturadas do interior das células dos frutos da terra relacionam-se diretamente com as águas estruturadas do interior de nossas células...
Quanto mais estoque de água estruturada houver em nossas células, mais saúde haverá em nossos sistemas biológicos.”
                                                                                                                                          
Infelizmente, a maioria das pessoas não tem como fazer esses sucos na mesma hora em que serão ingeridos. Ou falta tempo, ou faltam frutas, ou verduras orgânicas. Sempre falta organização.                                                                                                               
O ideal é tomar seu suco fresquinho, saindo do liquidificador ou da centrífuga. Mas, a impossibilidade de fazer isso, não deve nos levar a abandonar a idéia de tomá-lo.
Descobri nessa semana que podemos comprá-lo congelado, em garrafinhas. É só tirar do freezer à noite, deixar na geladeira, e tomá-lo de manhã, de preferência, em jejum. Congelado, o suco perde uma boa parte de seus nutrientes, mais ou menos 15%. Mas, convenhamos, melhor 85% do que nada.
Com o tempo, e percebendo o quanto seu organismo agradece o consumo dessa água estruturada, você até pode se animar a fazer em casa.
Aqui em BH, é a Madiuh, da VIDAVIVA, que faz e vende esse suco. Ele é feito com maçã, cenoura, pepino, couve, alface, rúcula, agrião, hortelã, gengibre, clorofila do trigo e sementes germinadas.
Lá eles vendem também só a clorofila do trigo, que você pode misturar a qualquer suco que queira.
O suco desintoxica e alcaliniza o organismo, o que reforça o sistema imunológico.
Por mais besteiras que coma pelo resto do dia, tipo doces, chocolates, carnes, você já garantiu bons nutrientes para seu organismo. Aos poucos você vai sentir necessidade de mudar o resto do dia também.

Quem quiser se informar é só ligar para (31) 8451.5722 ou (31) 8486.9674.
Ou olhar o site: www.vidaviva8.com.br

Se quiser mais dicas, veja nesse blog a página "DESINTOXICAÇÃO".

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

DESINTOXICAÇÃO - COLONTERAPIA

Ontem fui na Isabel, da Colonterapiabh.
Eu a conheci logo que começou a divulgar a colonterapia aqui em BH. Foi bom ver que a situação mudou muito. No princípio, eu falava da colonterapia com médicos, e eles sempre falavam que isso era besteira, picaretagem.
Hoje vi que existem vários médicos, muito conceituados, inclusive de outros Estados, que estão encaminhando seus pacientes para a Isabel.
Muitos criticam essa terapia, porque dizem que a absorção de nutrientes se dá no intestino delgado, e ela só limpa o intestino grosso.
Mas se esquecem que a absorção da água se dá pelo intestino grosso. Só isso já serviria para indicá-la. Sabem quando uma vasilha é mal lavada e fica com restos de comida?
Esses restos vão ficando desidratados e depois ficam praticamente “incorporados” ao lugar. Nada consegue tirá-los. Normalmente temos que recorrer a dias de molho em água quente e muita força na mão para esfregá-los e tirá-los.
No intestino grosso, vemos que acontece o mesmo, pedaços de fezes vão se grudando às suas paredes, vão se desidratando e por lá ficando...
A diferença é que a vasilha pode ser descartada, e nosso intestino não. E o pior, se suas paredes estão ficando “vedadas”, como se dará a absorção da água?  Além disso, Isabel me deu outra informação importantíssima:
O intestino delgado absorve os nutrientes, mas o intestino grosso, além da água, também absorve as vitaminas K e B.
E como sabemos, essas vitaminas são essenciais para os autistas. E o bom funcionamento do intestino também.

Como ela explica,

"O intestino grosso ( cólon ) representa a última parte do aparelho digestivo. Esse tubo mole de aproximadamente 1,50 m de comprimento e de 3 a 8 cm de diâmetro, tem como principais funções:
Eliminação das fezes;Reabsorção de água e nutrientes;Contribui com o sistema imunológico; ( 80 % do nosso potencial imunológico)Hospeda a flora microbiana que exerce várias funções importantes. Essas bactérias digerem uma parte da celulose , sintetizam vitaminas ( complexo B e K ); e destroem micróbios e bactérias patogênicas."
A colonterapia simplesmente limpa o intestino com água morna. Isso faz com que qualquer resíduo seja hidratado, se solte das paredes intestinais, e seja expelido.
Estávamos conversando sobre a presença de infestações de Cândida no intestino e o quanto isso é prejudicial para os autistas, e sobre o uso do óleo de coco extra virgem para combatê-las. Ela repetiu o que a Marcela, nutricionista, já tinha falado: 1 colher de sopa desse óleo por dia, de preferência em jejum, ajuda a controlar essas infestações. Quanto ao uso do óleo de coco como hidratante corporal, recomendado pelo Dr. Márcio Bontempo, ela completou com um ensinamento perfeito da medicina ayuvérdica:
NÃO PASSE EM SEU CORPO UMA COISA QUE VOCÊ NÃO POSSA COMER.
Sempre nos esquecemos que nossa pele é um órgão, que absorve tudo que é passado nele. Porque tentamos ingerir só alimentos que nos façam bem, mas nos esquecemos sempre de olhar  o que estamos “ingerindo” com nossa pele?
Bem aqui vão dicas simples que a Isabel deu, para ajudar a melhorar a saúde de nossos intestinos.
Todo dia, em jejum:
-  1 copo de água morna com 2 colheres de sopa de suco de limão;
- após 10 minutos, mais 1 copo de água;
- 5 ameixas pretas, sem caroço, deixadas de molho na água durante a noite. Pode ser batida com frutas, água ou sucos.
- consumir 2 colheres de sopa de azeite de oliva extra virgem, com acidez até 0,5%;
- e, o que todo mundo está cansado de saber: muita fruta, fibra e água.
http://www.colonterapiabh.com.br/
Av Afonso Pena, 4273 sala 607/610 - Mangabeiras  31 3221.2415 - 31 9266.9089

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

DESINTOXICAÇÃO - CEM ANOS DE MENTIRA

Já que temos que começar a desintoxicação pela nossa casa, nada melhor do que ler este livro, CEM ANOS DE MENTIRA - Como proteger-se dos produtos químicos que estão destruindo a sua saúde -do jornalista investigativo Randall Fitzgerald.


Não é um livro que pretenda deixá-lo imobilizado ou desesperado pelo conhecimento do meio em que estamos vivendo, mas é um livro que pretende oferecer "alternativas, testadas e aprovadas, de alimentos e remédios a serem consumidos em lugar dos produtos químicos sintéticos disponíveis".
Segundo o autor,
 "A exposição a umas poucas substâncias tóxicas, ou a uma vasta gama de moléculas de uma variedade de substâncias sintéticas, pode não desencadear doenças ou fazer-lhe nenhum mal. Porém, a possibilidade de isso acontecer existe. A ciência médica simplesmente não pode prever que pessoas são sensíveis a quais substâncias químicas, em quais dosagens, com qual potencial para desenvolver uma dependência ou quais efeitos sinérgicos podem criar condições tóxicas no corpo humano. A incerteza quanto aos fatores de risco a que estamos expostos no curso de nossas vidas constitui uma forma de roleta-russa biológica que jogamos com nossos próprios organismos, todos os dias, baseados em nossas escolhas alimentares, medicinais e ambientais.
Não podemos esperar eliminar completamente todos esses fatores de risco, ao menos não durante o tempo que temos de vida. As toxinas químicas não respeitam fronteiras ou quaisquer outros limites e nos invadem incessantemente, à medida que respiramos, comemos ou bebemos. Nossa única esperança razoável é aprender como minimizar os riscos e controlar a exposição às toxinas sintéticas, de modo a aumentar as chances de viver vidas saudáveis".
Foi com este livro que tomei conhecimento do INSTITUTO DE SAÚDE HIPÓCRATES, na Flórida. Ele segue um programa idealizado e desenvolvido para desintoxicar o corpo e restabelecer o sistema imunológico.
"Nas últimas décadas, o Hipócrates e seus métodos de trabalho atraíram uma clientela célebre, que inclui o ator Paul Newman, a ativista pelos direitos civis Coretta Scott King, o comediante Dick Gregory e os músicos Kenny Loggins e Mick Fleetwood. As pessoas devem chegar lá preparadas para exercitar sua autodisciplina, pois o regime é rigoroso. Nada além de vegetais crus e sucos são permitidos na dieta. Nenhuma substância química de qualquer espécie é admitida pelas premissas do Hipócrates; isso significa abandonar os desodorantes, fixadores de cabelo, protetores solares e cosméticos.
Trata-se de uma estratégia de desintoxicação criada para suspender a carga de substâncias químicas sintéticas presente na alimentação, nos remédios e nos produtos de higiene pessoal que é imposta aos nossos sistemas imunológicos".
...
Pessoas chegam de todas as partes do mundo, com sérios problemas de saúde, para experimentar um sistema estruturalmente apoiado pelo consumo de 'alimentos vivos e puros' para tratar de males e doenças considerados 'incuráveis' pela medicina alopática ocidental. 'Você foi roubado economicamente, mentiram para você e, então, você veio parar aqui', diz aos recém-chegados o Dr. Brian Clement, co-diretor do Hipócrates.

'Você vem parar aqui porque foi iluminado ou porque está apavorado'

Espero que sejamos todos iluminados. Não para, necessariamente, ir ao Hipócrates, mas para seguir os caminhos possíveis de desintoxicação.

Se quiser mais dicas, veja nesse blog a página "DESINTOXICAÇÃO".

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

DESINTOXICAÇÃO NÚMERO 1 - SOLVENTES


Ontem finalmente fui na Cliteq fazer o exame de alergias alimentares com a Ana.
Mas não foi como imaginei, não saí de lá com uma lista de alimentos...
Antes de tudo, ele falou que a Ana tem que ser desintoxicada dos solventes que são usados nos produtos de limpeza doméstica, porque os solventes acidificam o organismo, mudam a química do corpo. Se não fizer isso, é o mesmo que tentar limpar uma casa, com as portas e as janelas abertas, no meio de uma ventania. Você nunca vai conseguir!
Ou seja, estão em primeiro lugar, na frente dos metais pesados e das alergias alimentares. São muito piores, eles não intoxicam somente, eles matam células nervosas.
Lógico que o teste dela, para intoxicação por solventes deu nas alturas.
Serão 15 dias de desintoxicação: beber limonada para alcalinizar o sangue e passar iodo na coluna para desintoxicar o organismo (essa eu não conhecia!). E também, lógico, trocar todos os produtos de limpeza! Sempre soube que esses produtos faziam mal, que quanto mais cheiroso, mais tóxico. Mas não sabia que essa desintoxicação era mais urgente que a de metais e alimentos. Vamos começar a substituir tudo por vinagre, álcool, limão, sal, sabão de coco e bicarbonato.
Conversei com a Mariel da Adefa hoje, e ela falou que esses exames abrem um leque incrível de possibilidades de tratamentos. Até verminoses podem ser detectadas. Tudo por ressonância. Mas, que tem que ser  assim, um passo de cada vez...

Se quiser mais dicas, veja nesse blog a página "DESINTOXICAÇÃO".